Saudade

Juninho morre aos 17 anos

O quatrobarrense Cassemiro José Filla Junior faleceu, aos 17 anos, no último sábado, dia 27, depois de passar 47 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Angelina Caron. Logo quando nasceu, Juninho, como era carinhosamente conhecido, foi diagnosticado com a síndrome de Prader Willi.

“Dizem que quando os sinos tocam, um anjo vai para o céu! Era 20h de sábado, em uma procissão luminosa em Quatro Barras, com mais de 300 jovens que participavam do Encontro Provincial dos Jovens Orionitas (EPAJO) e a comunidade da Paróquia São Sebastião. Ao final, o padre pediu que fizessem uma oração pelo Juninho, foi quando em seguida o sino da Igreja Matriz tocou. Todos, sem que houvesse nada combinado, se ajoelharam no asfalto e fizeram a oração para o nosso anjo. Sem que ninguém soubesse, era o momento em que ele voltava para o céu! Nos deu tantas alegrias, era o “serumaninho” mais puro de toda vida, com um amor incondicional que só ele nos proporcionava. Se despediu aos poucos, de uma maneira sublime (47 dias na UTI do Hospital Angelina Caron), pra que todos fossem se readaptando à vida aqui sem ele. Viveu tão bem esses poucos anos, pois amou muito e foi muito amado. E nós temos muito a agradecer por ter tido o privilégio de tê-lo na nossa família. Alguém que muito nos ensinou e marcou pra sempre nossa trajetória. Agora, com toda certeza, estará lá em cima, intercedendo por nós! Agradecemos muito aos familiares, aos amigos e a todos  os profissionais envolvidos nos cuidados durante estes 17 anos que  Juninho esteve conosco”.

Uma homenagem de toda a família, em especial dos seus pais Valdirene Aparecida Filla e Cassemiro José Filla; do irmão, Daniel Henrique Filla, e da avó Maria José Coelho.

Nascimento: 22/01/2002

Falecimento: 27/07/2019