Nossa Gente

Há 30 anos Valdecir se dedica ao negócio da família

Hoje, ele tem a Agrobarras Comércio de Produtos Agropecuários, na Avenida Vinte e Cinco de Janeiro, em Quatro Barras

O empresário Valdecir Maria, de 45 anos, nasceu em Curitiba, foi criado em Colombo, aos 15 anos de idade se mudou para Quatro Barras e aos 16 já se dedicava à administração do negócio da família, Aviário Quatro Barras, na época. Hoje, ele tem a Agrobarras Comércio de Produtos Agropecuários, na Avenida Vinte e Cinco de Janeiro, em Quatro Barras.

“Eu fui criado em Colombo, nós morávamos em chácara, meu pai, Valdir, era caminhoneiro, minha mãe, Ivani, era dona de casa e eu trabalhava na roça. Na adolescência, início da juventude, eu estudava no Atuba e ia a pé para a escola. À noite, eu trabalhava no Santa Mônica Clube de Campo, era boleiro, catava as bolinhas do tênis”.

Aos 15 anos de idade ele se mudou para o centro de Quatro Barras. “Na verdade a minha é nativa daqui, meus avós sempre moraram aqui, então era um local que a gente já conhecia e vivia”. Em Terras quatrobarrenses, Valdecir começou trabalhando com o compadre de seu pai, que era dono do aviário. “Eu fiquei um ano trabalhando de empregado para ele, até que meu pai comprou a loja para eu administrar. Eu tinha 16 anos, fui emancipado e já administrava o negócio, que ainda era pequeno e estava se levantando”. O Aviário Quatro Barras funcionava na Avenida São Sebastião, próximo da igreja; depois mudou para a Avenida Dom Pedro, ao lado do “Pelé” até chegar onde é hoje.

“Quando eu assumi, meu irmão mais novo que eu trabalhava comigo e meu pai apenas supervisionava, quando podia, pois na época ele era representante da Bepa. Me lembro que nós fazíamos entrega com uma Belina, e quando eu fiz 18 anos de idade compramos uma Kombi e depois trocamos por caminhãozinho. Dessa maneira, eu também fazia fretes, e comecei a fazer alguns para uma empresa de sinalização, sempre observando o serviço deles. Certo dia, faltou um dos colaboradores da equipe e eu me dispus a assumir o projeto e a execução da pintura de sinalização, assim, comecei a intercalar a administração do aviário e alguns desses projetos. Até que meu pai comprou a empresa Mari-Ar Acessórios, em Colombo, e eu fiquei com a loja, hoje Agrobarras”.

Valdecir se casou com a quatrobarrense Elisane Menta, com quem administra a Agrobarras, hoje com oito colaboradores. Eles têm um filho, o Maurício. “Eu não me arrependo de nada que fiz na minha vida. O nosso trabalho é cansativo, pois a gente se desgasta e da a vida pela empresa, mas vale a pena. É daqui, do nosso esforço, que saiu o meu patrimônio e conseguimos viver de uma maneira tranquila, tudo através de trabalho”.