Nossa Gente

“Eu vejo a vida no olhar dos alunos”

Há 10 anos, Daniel Veloso de Oliveira, de 39 anos, dedica a sua vida ao bem-estar dos alunos do Colégio Estadual Arlinda Ferreira Creplive como agente educacional do Estado do Paraná. Depois de ter sido agente penitenciário e ter feito parte da segurança pública de Quatro Barras, ele afirma que “não se vê em outro lugar”.  

“Aqui na escola eu passo por todos os segmentos e ajudo em todas as áreas, desde operacional até diretiva, sempre visando o bem-estar dos alunos”, diz Daniel, que nasceu em Piraquara, mas há 15 anos escolheu o município de Quatro Barras como seu lar. Ele é filho da funcionária pública Cleusa Gomes Veloso e de Saul Oliveira (in memoriam).

De 2005 a 2007 ele atuou como agente penitenciário na Penitenciária Estadual de Piraquara e trabalhou na Segurança Pública no ano de 2008, quando passou no concurso do Estado e foi lotado no Arlinda. “Quando cheguei à escola, era uma terra sem lei. Havia muito violência e falta de respeito. Hoje, melhoramos bastante. Os alunos respeitam os professores, a direção, os funcionários e, na maioria das vezes, se respeitam entre si”.

Para Daniel, “ajudar a escola andar é o que ele gosta de fazer”. “Eu vejo a vida no olhar dos alunos. Isso me faz acordar todos os dias. Eu me sinto vivo aqui dentro e vivo a vida deles, sempre aprendendo uma coisa nova todos os dias. É bem diferente de quando trabalhava na penitenciária, que não via vida nos olhos dos presos”.

O Arlinda tem hoje cerca de 800 alunos e Daniel faz de tudo para manter a ordem, sempre pensando neles. “Eu atraso o meu horário de almoço todos os dias para garantir que a entrada das crianças no período da tarde aconteça com tranquilidade, pois antes elas ficavam ali na frente e gerava muito tumulto com jovens que nem faziam parte da escola”.

Conforme ele, a educação é a única solução do país e, por isso, se dedica tanto. “Os alunos aprendem tudo que a gente ensina e reproduzem aquilo que a gente faz. Então, se eles tiverem bons exemplos, com certeza seguirão pelo caminho do bem e isso fará o nosso município, estado e país lugares melhores para viver”.